segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Black Russian


A Rússia dos famosos Czares e Czarinas,de São Petersburgo construída por Pedro I, “o Grande” em 1703 e que em 1712 passou a ser a capital do Império Russo, de Catarina II também conhecida como “ a Grande” (1729-1796),e principalmente de um povo cuja resistência heróica fez paralisar dois exércitos quando tentaram invadir sua terra,lutando bravamente até o último herói, e abrindo as portas para o início das derrotas de Napoleão Bonaparte e Hitler em suas tentativas de dominar a Europa em diferentes épocas. É esta a terra que também serviu de inspiração para criação deste famoso coquetel.
A Origem do nome Black Russian teria sua inspiração na pureza, neutralidade e insipidez,além do fascínio incolor deste destilado presente em todos os bares e nas principais receitas de coqueteis mundo afora e cuja origem que conhecemos, apesar da disputa de onde teria sido criada, Rússia ou Polônia,continua em todo o mundo sendo conhecida como a bebida oficial da Rússia.
Discussão a parte, e isto somado a bravura de uma anarquista e terrorista surgida na Ukrânia de nome Maria Nikiforova e que liderou um grupo de trabalhadores armados, vestidos em uniformes pretos e que ficaram conhecidos durante a revolução Russa como a “Black Guardian”. Toda a bravura do povo Russo se faz representado pela força deste destilado presente na mistura, sendo que o licor de café entra para suavizar o coquetel e ao mesmo tempo criar uma certa anarquia e dar certo toque feminino nos modos de consumo deste destilado naquele país, tradicionalmente tomado puro e normalmente num ritual de um único gole em sinal de bravura.
O toque feminino inspirado em Maria Nikiforova por conta do licor de café e que transforma esta gostosa anarquia em uma formula mágica e que prolonga o ritual em uma boa conversa. Este coquetel criado pelo barman Gustave Tops, conhecido com “ Gus”, quando trabalhava no Hotel Metrópole em Bruxelas por volta de 1950 especialmente para o Embaixador Americano Pearl Mesta durante o período da Guerra Fria entre EUA e leste Europeu liderados pela Rússia, somente se popularizou muito mais tarde com a ajuda da famosa fábrica mexicana de licor de café.
Aliás, muitos dizem que um verdadeiro Black Russian somente pode ser feito, quando se usa licor de café Khálua, com seu perfume que deixa o coquetel aromaticamente fantástico, adicionando-se qualquer tipo de vodka de boa qualidade e procedência.Hoje o Black Russian é consumido não apenas no final das refeições, mas também no início ou durante todo o Happy Hour nos finais de tarde!!!

Ingredientes:
• 1 3/4 Oz Vodka
• 3/4 Oz Licor de Café

Modo de preparo:
• Monte o coquetel direto no copo Old-Fashioned com gelo
• Mexa suavemente

Lembrando que 1 Oz é equivalente a 30 ml.

Santé!!! XD

2 comentários:

  1. oiiii seguindo o blog ^^
    gostei muitoo
    passa lá pelo meu também
    http://pitstopnerd.blogspot.com/
    abraços

    ResponderExcluir